Área do afiliado
Olá visitante.

CONFIRA AQUI O RESULTADO DOS PARANAENSES NO MUNDIAL

Atletas deram o seu melhor em Rotterdam

 

Os atletas paranaenses que participaram da Final do Triathlon Mundial ITU Rotterdam 2017 representaram muito bem o Brasil, competindo com grandes triatletas mundiais.

 

A Fptri esta parabenizando e agradecendo os atletas que não mediram esforços para participar deste grande evento.

 

O Presidente da Federação Paranaense de Triathlon, Luiz Iran Guimarães falou sobre a importância dos nossos atletas participarem de evento deste porte.

 

"O atleta quando participa de um mundial adquire uma experiência diferente de qualquer outra prova, pois fica ao lado de atletas do mundo todo e este aprendizado volta pra cá, em relação a evolução do atleta, como treinos, alimentação, desempenho e isso é passado para os outros atletas, é muito positivo para o nosso triathlon", disse Luiz Iran.

 

O mundial contou com a participação de 3500 atletas em todas as categorias, sendo 78 países participantes. O atleta mais velho que participou foi Bill Ziering de 87 anos, ele nasceu em 1930 nos Estados Unidos. A atleta mais velha foi da Grã-bretanha, com 81 anos, nascida em 1936 Mary Anstley fez a prova. 

Já Annabelle Waterworth de apenas 15 anos, competiu na categoria 16/19, pois ainda não completou os 16 anos. Ela é da Nova Zelandia.

 

Na prova em Rotterdam, o vencedor na categoria sub23 masculino foi o francês Raphael Montoya com o tempo de 01:51:28.

 

Dois brasileiros chegaram praticamente juntos na categoria. O Paranaense Kauê Willie chegou em 29° com o tempo de 01:55:35, atrás de Manoel Messias que fez em 01:55:21.

 

 

Nas provas com participação dos paranaenses, na categoria 16/19 anos, Paola Giovanna Cordeiro chegou em 35° com o tempo de 01:24:53, logo após chegou Agatha Baumann em 36° com o tempo de 01:25:31.

A prova teve a vitória da australiana Jasmine Eden Gray com o tempo de 01:11:12, seguido por duas norte-americanas, Trinit Schimbeck 01:11:24 e Nicole Manning 01:11:59.

 

 

No masculino 16/19 o paranaense Edilson Geovane Bridaroli chegou em 47° com o tempo de 01:09:53. Em 60° chegou Vinicius Martins Rocha 01:12:19.

Josy Arcega Torres chegou em 69° com o tempo de 01:19:04.

Nesta categoria o vencedor foi o australiano Luke Harvey com 01:02:42, seguido com apenas 5s de diferença pelo atleta da Grã-Bretanha, Reuben Trotter com 01:02:47, em terceiro chegou na categoria chegou Adam Martin da Nova Zelandia com 01:02:55.

 

 

 Na categoria 25/29 o paranaense Vinicius Noetzold ficou em 43° com o tempo de 01:13:25.  O vencedor nesta prova foi o atleta James Dean - Grã-Bretanha com o tempo de 01:04:34. Thibalt Catlot - França em segundo 01:06:18 e em terceiro o mexicano Luiz Oliveros Gamez com 01:06:24.

 

O paranaense Lúcio Rodrigo dos Santos participou no 30/34 e chegou em 40° com 01:13:06.

Nesta prova o cearense Jose Araújo fez uma prova surpreendente e chegou em 4° lugar com o tempo de 01:05:56 com poucos segundos atras do terceiro colocado, o gibraltino (Gibraltar) Andrew Gordon 01:05:39, em segundo chegou Ben Parnell - Grã-bretanha com 01:05:33 e o campeão na prova também da Grã-bretanha Crag Daile com 01:05:33.

 

 A paranaense Renata Barduco de Oliveira chegou em 42° na categoria 35/39.

Nesta prova outra brasileira fez também uma grande prova chegando na quarta colocação.

A capixaba Carolina Sardinha fechou a prova em 4° com o tempo de 01:16:32. Em terceiro lugar na categoria chegou a australiana Stephanie Albert com 01:16:22, em segundo Nicole Timmins da Grâ-bretanha e a outra atleta também do reino unido venceu a prova, Amy Pritchard com 01:13:30.

 

O melhor paranaense no amador foi na categoria 40/44. Aristides Outeiral Hoefel IV chegou em 16°, fazendo uma grande prova com o tempo de 01:09:06, deixando para trás atletas norte-americanos, australianos, grã-bretanha, méxico, holanda etc...  

Nesta categoria o melhor resultado também para o Brasil no amador, aconteceu com o segundo lugar do atleta Renato Dantas Lucas (Araraquara - SP) terminou a prova com o tempo de 01:04:43. Em primeiro lugar ficou o atleta da Grâ-bretanha Richard Starnard.

 

 Na faixa de 50/54 João Luis Carneiro terminou a prova em 94° com o tempo de 01:32:11. O terceiro colocado foi o atleta de Gibraltar Cristopher Walker com 01:07:13, em segundo Fabrice Bossion - França com 01:07:00 e em primeiro Ulrich Katzer da Austria com 01:06:50.

 

No triathlon Olimpico Irineu Licheski chegou 53° na categoria 45/49 anos com o tempo de 02:15:41. O atleta da Grã-bretanha, James Long chegou em terceiro com o tempo de 02:01:27, em segundo chegou o dinamarques Pelle Gronbeg com o tempo de 01:59:29 e o campeão da prova foi o alemão Udo Van Stevendall com tempo de 01:59:17.

 

No feminino olímpico 16/19 anos, Liliane Licheski terminou em 11° com 02:36:16. Na terceira colocação chegou Rosie Wilston da Grã-bretanha com 02:19:54. Em Segundo lugar Harley Manson com 02:11:13. E a campeão na categoria foi a belga Amber Roubalt com 02:10:50.

 

 O Mundial de 2018 será na Austrália. 

 

A Fptri faz um agradecimento especial:  

 

"MAIS UMA VEZ AGRADECEMOS PELA PARTICIPAÇÃO DE TODOS NESTE MUNDIAL E PELO ESFORÇO DE PAIS, AMIGOS, FAMILIARES, EMPRESAS E PREFEITURAS, QUE NÃO MEDIRAM ESFORÇOS PARA REALIZAR O SONHO DESTES ATLETAS".

 

 


Voltar

Escolinha de Triathlon

A Escolinha de Triathlon de Curitiba atende, desde o primeiro semestre deste ano, 50 crianças e adolescentes da rede pública de ensino, que sonham em brilhar na modalidade. Os treinos são realizados durante a semana no colégio da Polícia Militar do Paraná. Os jovens são supervisionados por especialistas em triathlon, além de receberem materiais esportivos necessários a pratica do esporte. Além disso, o ambiente, que promove valores como disciplina, comprometimento e trabalho em equipe, também ajuda à melhorar a qualidade das atividades”, disse Juraci Moreira, atleta com três participações olímpicas e hexacampeão nacional. As aulas foram viabilizadas pela Lei de Incentivo ao Esporte. A execução é da Federação Paranaense de Triathlon.

Mais informações